Causas do medo de dirigir

A palavra dirigir expressa seu significado por ela mesma: ter algo para si nas próprias mãos, conduzir, direcionar. E assim como qualquer outra coisa que mexe com o emocional do ser humano, dirigir também pode causar medo nas pessoas. Medo esse considerado muitas vezes incontrolável e incômodo, provocando ansiedade, suor excessivo e tremedeira. Mas você sabe quais são as verdadeiras causas do medo de dirigir? Continue lendo e entenda mais sobre.

Medo-de-dirigir (2)

Cinco causas do medo de dirigir

Inúmeras podem ser as causas desse medo de direção, porém alguns casos são claramente percebidos para se definir em qual dessas causas tal medo se encaixa. São nos mais generalizados que grande parte das pessoas com essa fobia pode fazer parte, incluindo você. Se você tem medo de dirigir, observe bem as possíveis causas abaixo e veja se você se identifica com alguma delas.

1. Insegurança própria

A falta de confiança nos próprios atos e pensamentos acarreta consequências graves no emocional de uma pessoa. Ser inseguro é ter medo da própria vida, das próprias decisões, gerando muitas vezes ação de dependência do outro para fazer algo, ter algo, pensar algo, e sabemos que não é a assim que a vida é.

medo-de-dirigir

Muitas pessoas são competentes a tomar boas atitudes e de por certas ações em prática, mas não tem essa visão sobre si mesmo. Dirigir é uma dessas práticas, onde a pessoa foi competente o bastante para tirar a carteira, estudou, se esforçou e na hora de dirigir trava como se fosse uma “defesa própria”. Ás vezes pode ser justificado por uma educação fria e dura onde a própria confiança em suas decisões correu risco.

2. Medo do trânsito e das pessoas

Este pode ser entendido como um dos medos mais compreensíveis por parte das pessoas com fobia de direção, afinal o que elas temem é o próprio medo, e não há nada mais sensato que isso. Afinal o mundo lá fora é violento, todos sabemos.

O medo de dirigir numa avenida movimentada é aceitável até o ponto que é entendido como cautela e atenção, sendo assim um medo que não trave, mas que deixe a pessoa atenta e com “medo” de causar ou sofrer acidentes. Já aquele medo de trava, que nos puxa para trás, já pode ser visto como doentio já que os desafios das ruas são feitos por todos na pista, portanto a insegurança não tem vez nessa hora.

Medo-de-dirigir (1)

O certo é que dirijamos por todos, tanto nós quanto pelos outros, como se fosse uma direção bifocal tanto em nossas mãos como nas mãos dos outros. Saiba que este é um medo natural, é uma defesa do seu, é literalmente medo de morrer, e como somos animais muitas vezes indefesos, travamos em momentos de pressão, como dirigir.

3. Falta de prática

Será que você sente medo mesmo ou é só falta de prática? Dizem que quem faz tatuagem pela primeira vez fica com medo, sente dor, porém que acostuma e até vicia! Será que com você não pode ser o mesmo com a direção, faltando apenas mais prática e até algumas aulas teóricas?

A sua segurança pode ser analisada neste tópico também devido ao nível de experiência que se tem com o volante, que pode ser pouco demais como também muito. Quanto mais você pratica, mais intimo se torna do volante e menos medo, menos receio passa a ter toda vez que for dirigir. Pratique mais e veja se esse não é o seu caso.

4. Síndrome do pânico

Muito comum entre as pessoas ansiosas e estressadas com algumas coisas ou fases da vida, a síndrome do pânico pode ser também uma das causas do medo de dirigir. Tem pessoas que já têm tal síndrome, a qual reage durante momentos de pressão como direção, porém há pessoas que passam a desenvolver tal síndrome por causa da direção.

Essa síndrome do pânico consiste em ataques de ansiedade que podem até matar e devem ser extremamente bem controlados, com tratamentos psicológicos, muitas vezes na base de calmantes, porque de qualquer forma a vida continua, estando nós ansiosos ou não para algo acontecer.

Nesses casos, os quais são gravíssimos, o ideal é não haver pressão por parte de ninguém ao redor e sim partir de uma decisão própria da pessoa, levando em conta a ideia de superação e segurança própria, onde só assim o medo de dirigir não causará um infarto ou um AVC em ninguém.

5. Traumas passados

São também comuns na nossa sociedade, que consistem em pessoas com traumas passados envolvendo acidentes graves de trânsito, como também perda de algum ente querido devido à direção. É algo difícil de aconselhar para alguém, mas também é algo que só pode ser superado por ela mesma, com ajuda de psicólogos e calmantes.

A, perca o medo de dirigir

Melhor deixar os pensamentos e lembranças ruins para trás e começar a viver uma vida nova, de novas decisões e com mais amor próprio. Dirigir pode ser ótimo, é só você aprender a gostar, e evitar pensar em consequências ruins, pois o que tiver de acontecer acontecerá e na hora certa. Vamos viver! Vamos dirigir!

1 Response to “Causas do medo de dirigir”

  • maria de loudes January 21, 2014 at 12:00 am Reply

    tudo o q eu leio esta escrito e q eu passo nao sei porq me sinto assim ao encontra com um carro em esquina fico nervosa e deixo o carro bater

Leave a Comment