5 dicas para dirigir melhor

O trânsito exige muito das pessoas diariamente, e às vezes alguns detalhes passam despercebidos de modo errado podendo prejudicar o motorista em acidentes e até prejuízos com contas de consertos e manutenção. Sendo assim, preparamos 5 dicas para dirigir melhor de acordo com uma reportagem no MGTV da Globo Minas com dicas do instrutor mecânico do Senai Thiago Nascimento.

medo

Acompanhe todas elas e veja se você faz isso com frequência, nenhuma frequência ou nem sabe se faz! Serão dicas para dirigir melhor relacionadas com questões de estacionamento, embreagem e controle de marcha.

5 dicas para dirigir melhor

1. Estacionando em ladeiras

Provavelmente você faz como a maioria das pessoas: ao estacionar, aproximam o carro do meio fio de modo que chega a encostar os pneus. Se você não faz isso, está de parabéns, pois essa pressão que você exerce dos pneus e da carroceria do carro sobre o meio fio pode ser prejudicial, pois pode rasgar os pneus, além de forçar muito a direção do carro.

É errado fazer isso!

O ideal é deixar um pouco perto do meio fio e virar todo o pneu para a calçada, assim se acontecer casos de o carro descer na ladeira, ele com certeza vai parar na calçada, afinal ele está direcionado a ela. Após virar o volante todo, engate a marcha e acione o freio de estacionamento. Segurança garantida sem prejuízo, com facilidade ainda de não ter que dar ré.

2. Descidas inclinadas e longas

Nessas descidas, muitos motoristas colocam imprudentemente o carro no ponto morto, o que é muito errado tanto pelo perigo aos pedestres ou animais que passarem na hora por acaso, ou na saúde do veículo. É indicado sempre que essa descida seja feita com o carro engrenado na marcha 1 ou 2 com a embreagem solta, nunca sendo posto em ponto morto.

rua-inclinada-2

Usando a marcha você não sobrecarrega o freio de serviço do veículo na hora do pouso no final da descida, isso também corta a injeção de combustível, facilitando a descida e ainda ajudando no seu bolso, já que no ponto morto o carro consome muita gasolina.

3. Carro parado e embreagem

Quando estiver parado, como em um sinal de trânsito, por exemplo, não é correto acionar a primeira marcha de uma vez e ficar esperando abrir apenas para exercer o controle da embreagem. Isso é prejudicial porque pode gerar superaquecimento no sistema de embreagem e um desgaste excessivo de todo o sistema do carro.

IMG_4155_620_413

4. Pé na embreagem enquanto dirige

Muitas pessoas dirigem com o pé esquerdo sob o pedal da embreagem e isso não é aceitável, mesmo sendo apenas um apoio leve do pé, mesmo que automático. Querendo ou não você aciona com essa mínima pressão o controle da embreagem e isso pode ocasionar um desgaste mais rápido de todo o sistema do veículo. O ideal é dirigir com o pé no piso o carro mesmo, e quando necessário posiciona-lo de modo correto. Manutenção ou conserto de embreagem é algo caro gente, então vamos ficar atentos a essas dicas de longevidade dos serviços dos nossos carros.

PÉWOW

5. Quebra-mola em descidas

Como fazer quando se vem embalado numa descida e tem um quebra-mola? Primeiramente, se você está descendo embalado tem algo errado aí, trate de descer controlando o freio, por favor. O indicado é você seguir o caminho em linha reta, sem táticas antigas como zigue-zague, pois isso pode afetar na carroceria do veículo em casos de lombadas altas demais, por exemplo. Reduza quando chegar próximo, passe normalmente e reacelere.

7221094

Gostaria de ver essas explicações em vídeo? Clique aqui para assistir essa pequena e produtiva reportagem do MGTV.

Leave a Comment